Contacts Project Coordinator

CDE Petra Patrimonia

Bd des Martyrs couvent des Cordeliers, 04300 Forcalquier

Mail info@bacchus-sme.eu

 

This project has been funded with support from the European Commission.

This publication reflects the views only of the author, and the Commission cannot be held responsible for any use which may be made of the information contained therein.

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Copyright © 2017 Senscop. All Rights Reserved.

Project references 2016-1-FR01-KA202-023903

Resultados

- Resumo executivo sobre o Desenvolvimento Organizacional das PME do setor do Enoturismo (O1)

- Resumo executivo sobre o Setor do Enoturismo (O2)

Apoiar a profissionalização dos intervenientes do enoturismo, uma questão para todos os países europeus produtores de vinho

O Enoturismo é amplamente definido como a visita a vinhas, vinhedos e regiões vinícolas para descobrir vinhos ou experimentar a qualidade do estilo de vida rural associado ao prazer do vinho. Inclui vinho combinando com a comida, paisagem rural e atividades culturais relacionadas com a produção de vinho ou herança rural das vinhas. Este setor turístico encontra-se em fases de desenvolvimento diferenciado nos diversos países europeus, contudo encontra-se a crescer rapidamente em todos os lugares.

Os parceiros desenvolveram dois questionários, ambos realizados nos seguintes 6 países parceiros: Áustria, Bulgária, França, Itália, Portugal e Espanha de janeiro a março de 2017. No total 195 adegas responderam ao questionário sobre o Desenvolvimento Organizacional das PME e 396 enoturistas responderam ao questionário do setor do enoturismo. 

Estes questionários deram indicações claras sobre as expectativas e tendências de evolução do enoturismo, permitindo assim: definir os princípios de uma abordagem de qualidade nesta área e definir as principais necessidades em termos de formação profissional. 

Eis as principais tendências que emergiram destes inquéritos:

  • Como a maioria dos turistas utiliza a Internet para organizar sua viagem, os websites das adegas devem ser desenhados para promover o enoturismo e não apenas as marcas de vinhos.

  • Os stakeholders devem ter consciência que a cooperação regional e a gestão coordenada impulsionarão a economia regional.

  • É necessário implementar uma relação estratégica e de parceria entre os setores de hospitalidade, como hotéis e restaurantes, para atrair mais visitantes.

  • O pessoal deve ter formação que lhe permita transmitir todos os conhecimentos relacionados com o vinho aos visitantes e educar os futuros consumidores de vinho.

  • A equipa do enoturismo deve ter formação sobre o património do vinho, a cultura e a história do vinho.

  • A equipa ligada ao enoturismo deve ter formação para desenvolver competências relacionadas com a comunicação em línguas estrangeiras e marketing digital

  • A maioria dos visitantes expressa uma alta motivação e / ou interesse para participar em atividades enoturísticas e saber mais sobre o processo de fabricação de vinhos e sobre vinhos. Assim, atividades inovadoras devem ser disponibilizadas para melhorar a sua experiência e prolongar a duração da estadia.

  • As adegas devem colaborar para desenvolver rotas de vinhos em torno de atrações históricas, culturais e naturais, de modo que o enoturismo possa aproveitar a diversidade de serviços e recursos disponíveis na região.

- Kit de aprendizagem e ferramenta de diagnóstico (03)

Um processo de formação inovador que impulsiona o desenvolvimento de ofertas enoturísticas de qualidade e a profissionalização de todos os intervenientes-chave

 

Para responder às necessidades de formação dos atores chave identificados durante a fase de diagnóstico, os parceiros do projeto BACCHUS SME criaram um curso de formação baseado nos princípios do de aprendizagem B-Learning que combina a utilização conjunta de aprendizagem a distância com o modo de aprendizagem clássico, frequentemente designado presencial. O núcleo do processo é a criação de uma plataforma de aprendizagem a distância BACCHUS SME acessível a todos.

 

Os elementos-chave do modelo de aprendizagem BACCHUS SME são: 

  1. ferramenta de diagnóstico que fornece uma autoavaliação por cada módulo,

  2.  definição de um percurso de aprendizagem individual para os/as aprendente de acordo com os resultados obtidos na ferramenta de diagnóstico e as sua experiências anteriores, interesses de negócio atuais, metas de aprendizagem pessoais, disponibilidade, etc.

  3.  curso de formação completo organizado em 9 módulos, com metas específicas de aprendizagem, apoio a distância, tutoria e a possibilidade de feedback on-line entre pares.

  4.  avaliação final das competências adquiridas durante o curso BACCHUS SME ou módulos.

 

Uma visão geral do curso BACCHUS Learning

 

Os módulos incluem autoaprendizagem suportada no conteúdo disponível on-line, tutoria a distância e o apoio entre pares (opcional).

Quando um aprendente segue o curso inteiro, então terá de completar os nove módulos e é recomendável que participe em três / quatro sessões presenciais, mas cabe a cada grupo de aprendizagem (tutor e aprendente) determinar o número de encontros presenciais a serem realizados. O aprendente pode determinar o seu próprio ritmo e fazer os módulos na ordem que preferir. Um calendário claro é fornecido abaixo com informações sobre o tempo estimado para cada módulo.

Em cada módulo, encontrará a seguinte estrutura: 

Conteúdo do módulo (per se): Entrada; Objetivos de aprendizagem; Duração; Plano de formação; Introdução; Desenvolvimento do conteúdo; Links Úteis; Estudos de caso; Exercícios; Resumo dos pontos principais; Bibliografia. 

Os exercícios a serem realizados ajudarão o aprendente a processar o conteúdo e a verificar a sua assimilação da matéria disponibilizada. O tutor fornece a avaliação formativa.

Cada módulo fica completo com a resolução do estudo de caso em que o formando mobiliza a teoria aprendida (e a sua visão) para resolver o problema proposto. Desta forma, o aprendente comprova a aptidão alcançada. O resultado destes casos será avaliado pelo tutor. 

 

As 9 temáticas propostas são resumidas: 

  • - Enoturismo como oportunidade de negócio do vinho ;

  • - Inovação dos produtos e serviços no Enoturismo ;

  • - Turismo e Turista ;

  • - Inglês para o Enoturismo ;

  • - Técnicas de comunicação e de cooperação ;

  • - Marketing para o Enoturismo ;

  • - O Marketing Digital e as TIC’s aplicadas ao Enoturismo ;

  • - Enoturismo e Património Cultural ;

  • - Combinação entre o vinho e a gastronomia.

- A plataforma de e-learning BACCHUS SME

The training course is available online on BACCHUS SME project platform: www.bacchuslearning.eu

In order to engage or follow the BACCHUS SME blended learning course, two manuals have been designed :